Documentário imperdível sobre o “Circo Continental”

Capa e contracapa do blu-ray de "Il etait une fois le continental circus". Imperdível.
Capa e contracapa do Blu-ray de “Il etait une fois le continental circus”. Imperdível.

“Il etait une fois Le Continental Circus” (na tradução, “Era uma vez o Continental Circus”) é o nome do documentário (na verdade, uma obra-prima) produzido pelo piloto francês Bernard Fau. Participante dos mundiais de Motovelocidade e de Endurance Moto nas décadas de 1970 e 1980, digno representante dos talentos da “geração francesa” revelada na década de 1970, Fau permanece em atividade no International Classic Grand Prix.

Bernard Fau em seus tempos de Mundial.
Bernard Fau em seus tempos de Mundial.

A intenção “Il etait une fois Le Continental Circus” é muito simples: fazer uma retrospectiva da “idade de ouro” do Mundial de Motovelocidade – mais precisamente, entre as décadas de 1960 e 1980. O apelido “Continental Circus” surgiu do óbvio: a trupe de pilotos e equipes das seis categorias existentes na época (500, 350, 250, 125, 50 e Side Car) se deslocava em vans e trailers e praticamente (ou literalmente, dependendo dos meios disponíveis) acampava nos autódromos europeus.

Entrevistas com pilotos, entre eles o pluricampeão Giacomo Agostini, fazem parte do cardápio, bem como cenas de GPs da época e de corridas do ICGP. É simplesmente sensacional e está à venda em formato Blu-ray pelo site de Bernard Fau (www.bernardfau.com).

Único fator que pode ser inconveniente para os brasileiros: o filme é todo em francês (há uma versão dublada em inglês). Mas, mesmo que você não saiba falar sequer “bon jour” e “merci”, as imagens já valem muito a pena. E, se as três horas de “Il etait une fois Le Continental Circus” derem ainda mais apetite, entre no YouTube e procure por outra obra, “Le Cheval de Fer”, da qual Fau também participou. Seguem dois “links-aperitivo”: https://www.youtube.com/watch?v=2R6lLwnfUvMhttps://www.youtube.com/watch?v=2XzPD0i8fus .

Charge: "Le Continental Circus contado por Bernard Fau", com o piloto dizendo: "O cavalo era de ferro, mas os colhões não eram de ouro!"
Charge: “Le Continental Circus contado por Bernard Fau”, com o piloto dizendo: “O cavalo era de ferro, mas os colhões não eram de ouro!”
Bernard Fau e sua realização. Foto reproduzida do site MotoJournal.fr.
Fau e sua obra-prima. Foto reproduzida do site MotoJournal.fr.
Bernard Fau e sua Morena 350 na temporada 2016 do ICGP.
Bernard Fau e sua Morena 350 na temporada 2016 do ICGP. Foto: Hendrik Jan Lotterman.

 

Anúncios

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s